Quem és Tu?

Sabes quem és realmente, ou és apenas uma imagem daquilo que os outros querem que sejas? Pois é nós achamos sempre que sabemos quem somos e o que queremos, mas quando nos comprometemos a ver e refletir quem realmente somos, começa a surgir então verdades que estavam escondidas por debaixo da poeira e de tudo aquilo que fomos colocando para nos protegermos, escondermos e sermos aceites.

A própria sociedade e métodos de aprendizagem, levam-nos acreditar num futuro condicionado, onde tudo tem de ser como é suposto e não podemos mudar de rumo só porque fizemos uma primeira escolha, mas isso é errado, nós podemos escolher mudar também… Nada na vida é estático, tudo é mutável, e o nosso livre arbítrio permite-nos escolher o nosso caminho em cada fase da nossa vida, não iremos ser sempre os mesmos, não iremos gostar sempre do mesmo, não iremos estar sempre na mesma profissão e está tudo bem com isso, pois estamos a evoluir, enquanto consciências e a mudança faz parte desse crescimento, por isso não é errado mudar de rumo, fazer uma pausa, experimentar algo novo ou ser diferente…

Gostava que parasses um pouco na tua vida agitada, nem que seja em 10 minutos do teu dia, e reflitas sobre Ti: como estás, o que sentes, o que tens, o que te falta, o que te bloqueia, o que te faz avançar, estás no caminho certo, o que te faz feliz, o que te deixa triste, o que te apaixona… Faz uma meditação de 5 minutos para sentires como está o teu Corpo, o que ele te pede e o que nele está desequilibrado.

Neste tempo de reflexão e escuta podes usar a escrita, para ires passando para o papel aquilo que sentes, e este ato vai ajudar-te a visualizares melhor a tua evolução, quando já estiveres alinhar-te com a tua essência, podes ir lá atrás e leres o que escreves-te, e vais perceber muitas diferenças e isso é lindo e motivador para continuares no processo de desenvolvimento e crescimento pessoal…

Para nos conhecermos realmente temos de ir fundo dentro de nós próprios, e não é um processo fácil, existe muito lixo acumulado, coisas que escolhemos nem ver para não doer e traumas ou feridas que decidimos tapar a espera que eles desaparecessem. E quando batemos de frente com tudo isto, pode ser desafiador, mas é necessário para que possamos limpar tudo e viver tudo aquilo que decidimos esquecer, mas que na realidade esteve sempre presente e a condicionar-nos.

Por isso mesmo que doa não desistas, porque no fim esse fardo, essa dor, esse trauma, ficará resolvido e visto, para quando ele voltar, tu já saibas dizer “Não, Eu Sou mais forte que tu”, este processo não se trata de uma cura milagrosa, mas sim de através do teu autoconhecimento e responsabilidade poderes tomar as rédeas da tua vida e controlares melhor todo o percurso, mesmo que existam pedras ou percalços, permite-te focares e desfrutares do caminho sem a obsessão da chegada.

Foto de hmarusic no Unsplash

Porque quando Tu te tornas o Protagonista da tua Vida, e te permites escolher e enfrentar tudo através do Teu Poder e Sabedoria Interna, tudo fica mais fluido e simples!

Lê Também: Investe em Ti

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s