Investe em Ti

Confesso que sempre fui uma pessoa com alguma dificuldade em gastar dinheiro, claro que é super importante fazermos as nossas poupanças e criarmos os nossos objetivos… Mas na maioria das vezes os nossos objetivos são um carro, um telemóvel ou uma televisão e não há nada de errado com isso, no entanto esquecemo-nos de nós do nosso autoconhecimento, bem-estar e equilíbrio!

Descobri que investir em mim é das melhores coisas da vida, porque conhecermo-nos, expandirmos a nossa consciência e conhecemos todas as potencialidades do mundo e de nós próprios, liberta-nos, faz-nos perceber que somos mais do que aquilo que acreditamos, equilibra-nos e faz-nos evoluir neste propósito maior do Ser.

Investe no teu bem-estar físico, mental e espiritual, somos seres compostos por todas estas vertentes e quando não lhes damos ouvidos e espaço para crescer, vivemos frustrados, incompletos e em constante montanha russa das emoções.

Por isso da próxima vez que traçares os teus objetivos financeiros, lembra-te de Ti, lembra-te de colocar o teu autocuidado, o teu autoconhecimento e o teu equilíbrio emocional.

Foto de Javier Allegue Barros no Unsplash

Investe em Ti

  1. Psicólogo ou Coach – Dependendo de como te sentes podes escolher uma opção ou outra, os psicólogos são mais aconselhados para processos mais profundos de dor e desequilíbrio, enquanto que o coach ajuda-nos na mudança de hábitos e ajuda-nos no nosso desenvolvimento, usando ferramentas que despertam o nosso potencial.
  2. Jornadas de Cura ou Autoconhecimento – Desde jornadas meditativas, de autoconhecimento, amor-próprio, ou seja, jornadas que te ajudam a conheceres-te e a mudares algo em Ti através desse autoconhecimento e consciencialização daquilo que és.
  3. Cursos sobre áreas que gostavas de explorar – Cursos sobre novos temas que te apaixonam, ou para melhorares as tuas aptidões, o teu próprio autoconhecimento e expansão da consciência.
  4. Imersões ou aulas sobre temas que gostavas de conhecer – Aulas sobre aquele tema que ouviste falar e adoravas perceber melhor, ou mesmo uma imersão nesse assunto para poderes perceber melhor e aplicá-lo na tua vida.
  5. Terapias Energéticas – Existem várias procura, elas ajudam-te a equilibrares-te, mas também contribuem para o nosso autoconhecimento.
  6. Livros – Ler livros inspira-nos, dá-nos novos conhecimentos e visões, por isso tirar um tempo do teu dia para leres um livro vai aumentar o teu conhecimento, entendimento e criatividade.
  7. Ver Séries/Filmes ou Ouvir Podcasts – para aumentares os teus conhecimento noutras áreas, aprofundares a tua cultura geral e até expandires a tua consciência.
  8. Exercício físico – Investir no nosso corpo físico também é ótimo para o nosso bem-estar, para além de o fortalecermos, estamos a libertar carga emocional e a receber muitas hormonas que nos vão deixar mais dispostos.
  9. Boa alimentação e suplementação – Uma alimentação equilibrada é investires em ti, porque estás a nutrir-te e a permitir-te equilibrar melhor o teu corpo, a suplementação pode também ser usada, pois apesar de uma alimentação equilibrada ajudar muito, muitos dos nutrientes não estão disponíveis em quantidade suficiente à requerida pelo corpo.
  10. Autocuidado – Cuidares do Ti, desde o teu cabelo, unhas, pele até às massagens corporais para aliviar tensões e eliminares aquilo que ainda ficou.

Lembra-te Tu És UM com o teu corpo, mente e espírito, cuida de todos eles e Investe em Ti!

Lê também: O Feminino e o Masculino

Autoconhecimento

O autoconhecimento é sobre ti, mas permite-te expandir para o nós… Muitos de nós achamos isto uma parvoíce, pois claro que eu me conheço! Mas na realidade eu acredito que a maioria de nós não se conhece a fundo, pois podes conhecer a superfície, mas não as entranhas!

Sempre fui calada com medo de falar, e sempre pensei “Isto é meu, é da minha personalidade”, a verdade é que muitas vezes quando não me sinto confortável ainda sou essa pessoa… Mas através do autoconhecimento pude perceber que afinal não é personalidade, mas sim bloqueios e medos reprimidos que não permitem a expressão do meu verdadeiro Eu.

Este processo possibilitou-me perceber que afinal isso não faz parte de mim, é apenas uma crença que me limita e então agora dei a permissão a mim mesma para lutar contra ela e me libertar! É claro que não é de um dia para o outro que de repente tudo muda, alias não acredito nas coisas dessa forma sequer, sei que é um caminho, mas já pude ver muita coisa que mudou em Mim, apenas pela precessão de que afinal aquilo não era real.

E tu o que é que acreditas que é só personalidade? O que é tens a certeza que é teu, e que te limita de seguir em frente?

Foto de Bekir Dönmez no Unsplash

Pois bem, o autoconhecimento pode ser praticado de diversas formas:

  • Leitura de livros, textos e artigos;
  • Escrita consciente;
  • Ouvir ou ver podcasts, músicas, vídeos e filmes;
  • Meditação guiada;
  • Meditação em silêncio;
  • Trabalho com os chakras ou mente;
  • E o simples ato de sentir o nosso corpo e mente.

No entanto isto só é eficaz se nos comprometermos em chegar fundo e em ouvir as mensagens que a nossa Alma nos dá. Este é um trabalho de intuição, de saberes que é aquele o motivo, o porque ou a resposta que tanto pedias, trata-se de confiares na saberia do teu Ser mais puro e deixares que ele te guie e mostre o caminho, por isso não serão respostas fáceis e diretas, é uma jornada para toda a tua vida, pois há sempre algo que muda que se transforma ou desvia.

É um processo que requer tempo, o tempo do Fazer e do Ser, primeiro lês o livro, depois paras e pensas como isso ressoa em ti e o que desperta. Se nada volta a ler, a ouvir aquela música ou vídeo, e depois volta a parar e medita ou relaxa simplesmente, e é nestes momentos de relaxamento que vais poder sentir as mensagens, as respostas e como desbloqueares o teu potencial.

Na base de tu isto reina o Amor, é preciso guardares uma compaixão enorme por tudo o que vais encontrar, e perceberes que tudo teve um propósito, pois tudo o que acontece é para a tua melhor evolução, enquanto consciência divina. Vais encontrar muita dor reprimida, muita magoa a ser curada contigo e com os outros, muita coisa que te prende e nem sabias que existia.

Este é um processo de cura e de empoderamento, e tu podes segui-lo, basta abrires a tua mente e responsabilizares-te pela mudança! Tudo é possível, quando te comprometes a mudar a forma como vês a vida!

“É no saber do Ser que mora a Sabedoria Divina”

Lê também: Não permitas que o Medo te Bloqueie